Emicida – Na Subida do Morro

Na subida do morro“, genial composição de 1952 de Moreira da Silva com Ribeiro Cunha (na verdade, comprada de Geraldo Pereira, segundo as lendas), faz a conexão definitiva entre o samba de breque e o rap, malandragem carioca e do Cachoeira, atenção ao solo de fristáile, Emicida em momento eletrizante. (R.E) 

Moreira da Silva em gravação original com Severino Araújo e sua orquestra, em 1952:

Goma-Laca: Descobertas em 78RPM
Na Subida do Morro - Moreira da Silva
Goma-Laca: Descobertas em 78RPM Na Subida do Morro - Moreira da Silva